terça-feira, 22 de novembro de 2011

6 motivos para 1 cenário


O melro negro que, do mármore branco,  vai para a chaminé.
Uma leitosa neblina sobre o rio.
A gaivota sobrevoando, alta.
Um fiozinho de música que vai pela manhã, como uma voz sem sílabas.
Alguém que se debruça na janela, para ver o rio.
O melro que levanta, em direcção ao dia.

para c. a., que gosta de melros. A cantar.

5 comentários:

  1. Delicado e luminoso... Belíssimo.
    Muito grata, meu Amigo.

    ResponderEliminar
  2. Tb gostei. Só falta cor ao bico do melro. :)

    ResponderEliminar
  3. Tem razão, MR, faltou o laranja (ou amarelo?). O problema é que, à distância e com o meu daltonismo (pequeno), não conseguia distinguir com rigor. Tenho por isso atenuantes..:-)

    ResponderEliminar